Majestoso Douro

Superior e Côa,

um templo de Silêncio.

Local do mais importante museu de arte rupestre paleolítica a céu aberto do mundo, terra de romanos, árabes e dos primeiros reis de Portugal.

Um cenário impressionante com curvas projetadas na encosta, entrelaçando luzes e sombras, com as montanhas sempre presentes no horizonte. Este lugar selvagem, fantástico e deslumbrante abriga algumas das espécies de animais mais ameaçadas em Portugal.

Os 110.000 hectares de clima semiárido que constituem atualmente o Douro Superior, a maior sub-região duriense, mantiveram-se esquecidos até 1820, ano em que foi constituída a Quinta do Silho, a primeira Quinta   nesta região a investir na plantação de vinha e olival.

Durante a primavera a paisagem do Douro Superior, de temperaturas mais acentuadas e precipitação inferior, transforma-se por completo cobrindo-se com as belas amendoeiras a florescer por toda a região e em particular no município de Foz Côa.

Local do mais importante museu de arte rupestre paleolítica a céu aberto do mundo, terra de romanos, árabes e dos primeiros reis de Portugal. Um cenário impressionante com curvas projetadas nas encostas, entrelaçando luzes e sombras, com as montanhas sempre presentes no horizonte. Este lugar selvagem, fantástico e deslumbrante abriga algumas das espécies de animais mais ameaçadas em Portugal.

Vinhas

Biológicas

Certificadas

Na Quinta do Vale do Fojo vamos um passo à frente no respeito pelo meio ambiente e pela biodiversidade. Promovemos nesta Quinta, permanentemente, práticas minimizadoras dos impactos negativos da gestão agrícola.

A exploração está totalmente focada no respeito pelas normas do modo de produção biológico. Estão oficialmente certificadas não só as vinhas velhas mas também as vinhas mais recentes, plantadas em 2005.

A certificação biológica oficial do vinho e do azeite produzidos nesta quinta foi concedida em 2018 pela SATIVA, membro da associação internacional Quavera Alliance e da IFOAM. Este reconhecimento veio reforçar a nossa estratégia e simultaneamente garantir a confiança e a reputação internacional dos nossos produtos.

Na Quinta de Vale do Fojo vamos um passo à frente no respeito pelo meio ambiente e pela biodiversidade. Promovemos, nesta Quinta, permanentemente, práticas minimizadoras dos impactos negativos da gestão agrícola. A exploração está totalmente focada no respeito pelas normas do modo de produção biológico. Estão oficialmente certificadas pela KIWA SATIVA, não só as vinhas velhas, mas também as vinhas mais recentes, plantadas em 2005.